top of page
  • iara124

A marapuama pode melhorar a vitalidade e a libido?


A marapuama, também conhecida como madeira de potência, é uma erva que cresce principalmente no Brasil, já associada à promoção da atividade sexual. Conhecida cientificamente como "Ptychopetalum uncinatum", ela apresenta uma composição variada, incluindo campestreol e ácido araquídico, assim como óleos essenciais, ésteres e fitoesteróis.

Ao ser ingerida, a marapuama possui a capacidade de aumentar o fluxo sanguíneo, principalmente na região pélvica, através de seus componentes alcalóides, ésteres e fitoesteróis. Ao estimular a circulação do sangue, a marapuama aumenta a sensibilidade dos nervos na região pélvica, contribuindo para o aumento da libido e da função sexual.

Além disso, estudos mostram que seus compostos possuem um efeito vasodilatador, responsável por aumentar a rigidez peniana e a capacidade de manter a ereção, uma vez que ocorre o aumento do fluxo sanguíneo para o pênis.

Ainda, ela está relacionada com um melhor funcionamento do sistema endócrino, mais precisamente com os hormônios sexuais. A marapuama aumenta naturalmente os níveis de progesterona e testosterona no organismo, os quais são dois hormônios diretamente associados ao prazer.

Nos homens, a marapuama é responsável por promover a melhora da libido e da função erétil. Já nas mulheres, ela é essencial para aprimorar o desejo sexual, as fantasias sexuais e a capacidade de atingir o orgasmo.

Outro benefício da marapuama nas mulheres, é que ela auxilia na redução dos sintomas durante a menopausa e a TPM. Como a planta promove a síntese de progesterona e estrogênio, esses hormônios regulam os sintomas característicos desses períodos de tempo, reduzindo a irritabilidade associada a essas condições.

Em relação à vitalidade, a marapuama também promove a regulação da serotonina, que está associada à felicidade e ao bem-estar. Desta forma, a suplementação desta erva pode ser utilizada para melhorar o estresse e a ansiedade, fatores psicológicos que afetam as funções sexuais dos indivíduos. Portanto, ao melhorar a mentalidade, a marapuama contribui também para a melhora do desempenho sexual

Em resumo, a marapuama apresenta propriedades estimulantes e afrodisíacas, que interferem na vitalidade e na libido, podendo ser útil em casos como fadiga, disfunções sexuais, ansiedade, estresse, menopausa e TPM.



Referências Bibliográficas:

WAYNBERG, Jacques; BREWER, Sarah. Effects of Herbal vX on libido and sexual activity in premenopausal and postmenopausal women. Advances In Therapy, [S.L.], v. 17, n. 5, p. 255-262, set. 2000. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1007/bf02853164.


SHAMLOUL, Rany. Natural Aphrodisiacs. The Journal Of Sexual Medicine, [S.L.], v. 7, n. 1, p. 39-49, jan. 2010. Oxford University Press (OUP). http://dx.doi.org/10.1111/j.1743-6109.2009.01521.x.


3.040 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page