top of page

A relação entre Lavandula angustifolia e a depressão

Atualizado: 7 de dez. de 2022


A depressão é considerada uma das doenças crônicas mais comuns atualmente. Pode causar uma redução significativa na qualidade de vida do paciente em uma ampla gama de espectros, incluindo carreira, relações familiares e sociais e também pode levar a anedonia, estresse emocional e psicológico. Contudo, ainda não foi encontrada uma etiologia única, mas considera-se que é uma combinação de fatores genéticos, bioquímicos, ambientais e psicológicos de cada indivíduo. Em contrapartida, surgem diversas opções para a sua prevenção e tratamento, como é o caso da Lavandula angustifolia.

A Lavandula angustifolia é uma planta medicinal da família Lamiaceae na qual tem recebido grande atenção na medicina tradicional e fitoterápica para o tratamento da depressão. Esta erva também é usada em produtos cosméticos por sua fragrância, onde a flor é a parte principal da planta sendo usada em remédios fitoterápicos. A essência desta erva contém 13% de monoterpenos e os seus constituintes químicos mais importantes são acetato de linalila, linalol, betaocimeno, cineol, cânfora, óxido de sesquiterpeno cariofileno, tonen, ácido resmarínico, cumarina e flavonóides.

Também pode atuar em distúrbios gástricos e dores de cabeça, particularmente na dor de cabeça tensional. Ainda, esta erva tem algumas propriedades antiespasmódicas, analgésicas e relaxantes. Da mesma forma, ensaios clínicos mostraram que é benéfico no tratamento de distúrbios do sono e de ansiedade.

Quando o assunto são as pesquisas científicas relacionadas a tais efeitos, existem estudos efetuados por oito semanas nos quais trouxeram que este fitoterápico possui efeitos benéficos ao paciente depressivo até de mesma ordem que alguns medicamentos utilizados, como o citalopram. Ou seja, tais estudos indicam que a infusão de Lavandula angustifolia tem alguns efeitos terapêuticos positivos em pacientes deprimidos, mais importante, diminui o escore médio de depressão em pacientes com depressão leve ou moderada, e pode ser usada sozinha ou como adjuvante a outros medicamentos antidepressivos.


Referências bibliográficas

Nikfarjam M, Parvin N, Assarzadegan N, Asghari S. The Effects of Lavandula Angustifolia Mill Infusion on Depression in Patients Using Citalopram: A comparison Study. Iran Red Crescent Med J. 2013 Aug;15(8):734-9. doi: 10.5812/ircmj.4173.

Akhondzadeh S, Kashani L, Fotouhi A, Jarvandi S, Mobaseri M, Moin M, Khani M, Jamshidi AH, Baghalian K, Taghizadeh M. Comparison of Lavandula angustifolia Mill. tincture and imipramine in the treatment of mild to moderate depression: a double-blind, randomized trial. Prog Neuropsychopharmacol Biol Psychiatry. 2003 Feb;27(1):123-7. doi: 10.1016/s0278-5846(02)00342-1.


39 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page