Cabelo, pele e unha: Biosil a fórmula certa!


A senescência, outrora considerada doença, é um processo natural e que ocorre com todos os seres vivos. Todos sabem disso e, por mais contraditório que pareça, a maioria das pessoas não aceitam este fato, isso nos leva ao contexto em que vivemos uma busca incessante pela juventude, ou melhor, em “aparentar” jovialidade. Com o avanço da idade, a produção endógena de colágeno tende a diminuir, sendo um fator crucial para o surgimento de rugas, diminuição da firmeza da pele e enfraquecimento das unhas e do cabelo.


O colágeno é uma proteína de baixo valor biológico (não apresenta todos os aminoácidos essenciais) e é encontrado em músculos, tendões e cartilagens. No corpo humano, ela se destaca sendo a proteína mais abundante, e está presente em diversos órgãos, articulações e, claro, na pele. Além disso, ela apresenta diversas finalidades no corpo humano, como, por exemplo, estabilizar e conceder força de sustentação à pele, conferir elasticidade aos tendões, auxiliar na cicatrização de feridas, entre outros.


Para sanar esta lacuna, foi desenvolvido o BioSil, marca comercial da molécula ch-OSA™, um complexo único de ácido ortosilícico estabilizado em colina com ações na saúde da pele, cabelos e unhas, através da ativação das vias de produção do colágeno.


A complexação dessas moléculas dá origem a um produto líquido à temperatura ambiente, de difícil manipulação, pH extremamente ácido e baixa estabilidade. Ainda assim, a mistura deve ser mantida na forma líquida. Convertê-la para uma mistura sólida (pó) vai mudar sua estrutura química tornando-a ineficaz. Podemos assim afirmar que o ácido ortosilícico estabilizado em colina não pode ser apresentado na forma de pó. No entanto, o BioSil™, através da tecnologia ch-OSA™ consegue transformar o produto líquido em beadlets, ou seja, um granulado estável, que mantém o líquido revestido, ideal para manipulação de cápsulas. Quando os beadlets são ingeridos, o líquido ch-OSA™ será prontamente absorvido pelo trato gastrointestinal e aí sim terá total eficácia.


Mas afinal, o que é o silício?

Silício (Si) é um mineral extremamente importante para a saúde humana, e está presente em diversos tecidos do corpo humano (entre 1-10 partes por milhão nos cabelos e nas unhas). Ele pode ser adquirido a partir da ingestão de alimentos fontes – principalmente os derivados de planta, como agrião, feijão verde, espinafre, entre outros.


Segundo a revisão de MEDEIROS, T. et al. (2020), o silício é um fator fundamental para a produção do colágeno, visto que sua deficiência está associada à diminuição da resistência periférica nas paredes dos vasos sanguíneos. Os autores ainda pontuam que a deficiência de silício repercute de maneira negativa no crescimento e desenvolvimento de vários tecidos, tornando a derme mais fina e menos elástica.


E a colina?

Colina é um composto nitrogenado derivado da amônia, que está distribuída em uma ampla variedade de alimentos e é essencial para o funcionamento das células. Além disso, a colina possui a capacidade de neutralizar a degradação do colágeno ocasionado pela homocisteína – aminoácido que, quando está elevado, inibe enzimas responsáveis pela formação de novas moléculas de colágeno – por fim, o nutriente é precursor de fosfolipídios – moléculas que apresentam, simultaneamente, partes hidrofóbicas e hidrofílicas, são constituintes essenciais na construção das membranas plasmáticas.


Para comprovar os efeitos benéficos do ácido ortosílico estabilizado em colina (ch-OSA), alguns estudos mostram efeitos benéficos em relação à hidratação e aspereza da pele e brilho das unhas e do cabelo. A suplementação de ch-OSA por pelo menos 20 semanas, promove resultados positivos na pele e no brilho das unhas e do cabelo.


Referências:

ZAGUE, Vivian; SANTELLI, Gláucia. Bases Científicas dos Efeitos da Suplementação Oral com Colágeno Hidrolisado na Pele. Revista Brasileira de Nutrição Funcional, [S. l.], p. 19-25, 1 jan. 2016. Disponível em: https://www.vponline.com.br/portal/noticia/pdf/60f70519d95198c164a1ea01eb85f156.pdf. Acesso em: 26 Fev. 2022.

MEDEIROS, T. et al. SILÍCIO NOS ALIMENTOS: UMA REVISÃO. Advances In Nutritional Sciences, [S. l.], p. 41-48, 1 set. 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/344394181_Silicio_nos_alimentos_uma_revisao_Silicon_in_food_a_review. Acesso em: 26 fev. 2022.

BORGES, N. EFEITOS DA SUPLEMENTAÇÃO DE COLINA E FRUTOOLIGOSSACARÍDEOS NA ESTEATOSE HEPÁTICA EM RATOS WISTAR. 2008. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-28032012-085320/publico/nadia.pdf. Acesso em: 26 fev. 2022.

Barel et al. Effect of intake of choline-stabilized orthosilicic acid on skin, nails and hair in women with photodamaged skin. Archives of Dermatological Researches, Vol. 297, pag 147-153. 2005

INFINITY PHARMA. BIOSIL. 1-9 2019. Disponível em: https://infinitypharma.com.br/wp-content/uploads/2019/12/BioSil.pdf. Acesso em: 26 fev. 2022.


60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo