COGNIZIN - diversos benefícios para você!



A população mundial está envelhecendo, com quase todos os países experimentando um crescimento no número e na proporço de pessoas idosas. As projeções das perspectivas da população mundial pelas Nações Unidas sugerem que 1 em cada 6 pessoas (16%) no mundo terá mais de 65 anos em 2050.


Um desafio esperado para o envelhecimento da população é o aumento das taxas de problemas de saúde associados ao envelhecimento, como o declínio cognitivo relacionado à idade. Um nutriente importante conhecido por afetar o desenvolvimento e o envelhecimento do cérebro é a colina, que é essencial para várias funções biológicas das células. Um método para aumentar a colina dietética, além da ingestão de fontes alimentares como o ovo, é através da suplementação com citicolina.


Citicolina é o nome da citidina 5'-difosfocolina (CDP-colina) quando é usada como um sal de sódio exógeno. A CDP-colina é um nucleotídeo endógeno encontrado naturalmente no corpo, onde é um intermediário essencial na síntese do principal fosfolipídeo das membranas celulares, a fosfatidilcolina (PtdCho). A citicolina tem a função de estabilizar as membranas celulares e reduzir a presença de radicais livres que contribuem para a morte celular. Na prática clínica, a citicolina foi proposta para uso em lesões cerebrais traumáticas, acidente vascular cerebral, demência vascular, doença de Parkinson e envelhecimento cerebral.


As ações neuroprotetoras da citicolina incluem a ativação da biossíntese de fosfolipídeos estruturais nas membranas neuronais, aumentando o metabolismo cerebral, noradrenalina e os níveis de dopamina no sistema nervoso central, evitando a perda de cardiolipina (um fosfolipídeo mitocondrial interno exclusivo enriquecido com ácidos graxos insaturados), e proteger as membranas celulares, acelerando a re-síntese de fosfolipídios.


A citicolina, ao ativar o sistema colinérgico central, também aumenta os níveis plasmáticos do hormônio adrenocorticotrófico (ACTH) e potencializa os níveis séricos de tireotrofia (TSH). A estimulação dos receptores nicotínicos e muscarínicos centrais também aumenta os níveis séricos do hormônio do crescimento (GH) e do hormônio luteinizante (LH). Esta atividade no sistema colinérgico é de grande utilidade terapêutica nas condições clínicas em que as alterações do metabolismo da acetilcolina são consideradas uma das principais causas da doença, por exemplo, Doença de Alzheimer (DA).


A atividade biológica atribuída à citicolina sugere um possível papel da citicolina na melhoria da memória. Alguns estudos clínicos têm dado evidências a essa hipótese e existe uma proposta para estudar a citicolina no comprometimento cognitivo leve (CCL) com o objetivo de confirmar tanto sua eficácia nesses pacientes quanto um possível papel como agente retardador da deterioração cognitiva da eventual demência subsequente.


A forma patenteada de citicolina denomina-se Cognizin, que tem ação estimulante na biossíntese de neurotransmissores e de fosfolipídeos constituintes das membranas celulares cerebrais. Esse potente nutriente aprimora a energia mental, foco, atenção, e redução de morte celular. Clinicamente testado, seu processo de fermentação resulta em um ingrediente estável, puro e livre de alérgenos.


O Cognizin contribui para o bom funcionamento do cérebro, agindo na proteção e regeneração das membranas dos neurônios ajudando a manter a integridade estrutural e funcional dessas células. Também permite o aumento do fluxo sanguíneo no cérebro e aumento dos níveis de importantes neurotransmissores como acetilcolina, dopamina, serotonina e noradrenalina, que estão diretamente ligados à capacidade de aprendizagem, memória, atenção e melhora do humor.


O Cognizin também aumenta a capacidade de concentração, contribui para o tratamento de adolescentes com transtorno de déficit de atenção, estimula a memória e contribui para o processo de aprendizado, melhora a função cerebral em pacientes com comprometimento cognitivo, além de auxiliar na recuperação de pacientes que sofreram lesões cerebrais. Sendo indicada tanto para adolescentes como para adultos e idosos, sendo um grande aliado na manutenção da saúde mental.


Referências: