ENTENDA A RELAÇÃO DA ALIMENTAÇÃO COM A CANDIDÍASE

Atualizado: Jul 21

A candidíase é uma das formas mais comuns de infecção entre as mulheres e está diretamente ligada a microbiota do organismo da paciente. Consequentemente, a alimentação se torna um fator importante no tratamento e prevenção de candidíase e no controle de seus sintomas.



Alguns estudos avaliam principalmente a ação do uso de probióticos em alguns casos, estimando que uma modulação da microbiota da mulher poderia auxiliar na prevenção da doença. Entretanto, ainda são necessários maiores estudos para compreendermos o seu funcionamento e sua ação como auxiliar no tratamento e prevenção da candidíase.


Além disso, uma alimentação equilibrada é importante para manter a saúde e o funcionamento do nosso organismo. Para cultivarmos uma microbiota saudável, é importante controlar o consumo de alguns alimentos ricos em açúcares, gorduras saturadas, carboidratos simples e carnes processadas, estimulando a introdução de alimentos ricos em vitaminas e fibras como as frutas e vegetais.


Referências

XIE, Huan Yu; FENG, Dan; WEI, Dong Mei; MEI, Ling; CHEN, Hui; WANG, Xun; FANG, Fang. Probiotics for vulvovaginal candidiasis in non-pregnant women. Cochrane Database Of Systematic Reviews, [S.L.], 23 nov. 2017. Wiley. http://dx.doi.org/10.1002/14651858.cd010496.pub2.


108 visualizações0 comentário