top of page

Existe aplicabilidade da Coenzima Q10 no diabetes?

Atualizado: 7 de dez. de 2022


A diabetes é caracterizada por hiperglicemia, condição na qual é relatada com relação ao aumento da produção de radicais livres que levam ao estresse oxidativo, e que podem desempenhar um papel importante na patogênese do diabetes e complicações diabéticas. De fato, altos níveis de radicais livres e depleção da defesa antioxidante, podem levar a danos celulares, aumento da peroxidação lipídica e desenvolvimento de resistência à insulina, o que pode resultar em complicações diabéticas.


A CoQ10 é um potente antioxidante e pode conter o excesso da produção de radicais livres, sendo assim pode ser considerado como um indicador de oxidação, estresse e tem sido proposto como terapia complementar para a abordagem para diabetes. Uma maior concentração sanguínea de CoQ10 foi relatada não apenas em ratos com diabetes induzida, mas também em crianças com diabetes tipo 1 quando comparados a indivíduos saudáveis.


No entanto, níveis mais baixos de CoQ10 foram observados em mitocôndrias do coração e fígado de ratos com diabetes induzida. Levando tudo isso em consideração, o CoQ10 pode ser considerado como um mecanismo de autoproteção do corpo durante um estado de estresse oxidativo.


Além disso, vários estudos foram realizados para avaliar o possível papel protetor da suplementação de CoQ10 em pacientes com complicações diabéticas. Estas são causadas pela exposição prolongada a altos níveis de glicose. A doença cardiovascular, é a principal complicação do diabetes tipo 2 e seu início está relacionado à disfunção endotelial. Enquanto o estresse oxidativo pode ser central para o desenvolvimento de disfunção endotelial, e ainda vários estudos sugerem que a suplementação de CoQ10 pode melhorar a função endotelial anormal ativando a óxido nítrico sintase endotelial).


O CoQ10 também pode agir sinergicamente com agentes antiaterogênicos para melhorar a disfunção endotelial. Para resumir, a CoQ10 pode ser eficaz como um como agente terapêutico complementar para o tratamento de diabetes.


Referências Bibliográficas

ARENAS‐JAL, Marta; SUÑÉ‐NEGRE, J. M.; GARCÍA‐MONTOYA, Encarna. Coenzyme Q10 supplementation: efficacy, safety, and formulation challenges. Comprehensive Reviews In Food Science And Food Safety, [S.L.], v. 19, n. 2, p. 574-594, 19 fev. 2020. Wiley. http://dx.doi.org/10.1111/1541-4337.12539.


3.860 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page