top of page
  • iara124

Imuno TF® e fatores de transferência: como ocorre essa relação?




Os fatores de transferência são peptídeos naturais não específicos da espécie, considerados não alérgicos, devido ao seu pequeno tamanho e atuam como imunomoduladores. Eles são produzidos naturalmente em nossos corpos por meio do sistema imunológico. Ao serem liberados, são capazes de desempenhar funções diversas, entre elas: regular as citocinas, auxiliar a memória imunológica e estimular a produção de novas células T, células NK e macrófagos.


Além disso, um fator de transferência é criado para cada pedaço de patógeno que o sistema imunológico enfrenta. Portanto, os fatores desenvolvem respostas mediadas por células em pacientes que sofrem de doenças infecciosas imunodeficientes, bem como em certas alergias. Outro ponto positivo é que o tempo necessário para o desenvolvimento completo da resposta imune imatura retardada é de 10 a 14 dias, mas o fator de transferência diminui o tempo de resposta para 24 horas.


O Imuno TF® é um produto composto por fatores de transferência isolados, que ativam os mecanismos de defesa do corpo, entregando ao mesmo células de memória prontas para reconhecer e eliminar diferentes tipos de patógenos. Por ser um produto de origem animal, o composto também contém naturalmente micronutrientes, como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro, zinco, cobre, selênio, cromo, sódio, manganês, vitaminas A, B, C e E.


Com seus benefícios da função estimuladora do sistema imunológico, o Imuno TF® é indicado para:

  • O fortalecimento do sistema imunológico;

  • A prevenção de doenças oportunistas, especialmente em indivíduos imunodeprimidos;

  • Coadjuvante no tratamento de doenças crônicas e/ou autoimunes;

  • O fortalecimento imunológico de pacientes em tratamento de câncer;

  • Reforço imunológico em crianças e idosos;

  • O combate a infecções virais, bacterianas e fúngicas.



Referências Bibliográficas:

KRISHNAVENI, Marimuthu. A review on transfer factor an immune modulator. Drug Invention Today, [S.L.], v. 5, n. 2, p. 153-156, jun. 2013. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.dit.2013.04.002.

MASI, Massimo; VINCI, Caterina de; BARICORDI, Olavio Roberto. Transfer factor in chronic mucocutaneous candidiasis. Biotherapy, [S.L.], v. 9, n. 1-3, p. 97-103, mar. 1996. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1007/bf02628665.


1.874 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page