NEURAVENA - uma mente mais tranquila e ativa!



A Neuravena é o extrato de uma variedade específica de aveia verde silvestre, selecionada a partir de aproximadamente 70 cepas de sementes coletadas em diferentes locais e bancos de sementes em toda a Europa, e seu nome científico é Avena sativa L.

A Neuravena possui mecanismos de ação sinérgicos na melhora da aptidão mental e performance cognitiva, estimula a memória recente e tardia, contribui para a melhora do desempenho cognitivo em situações de estresse, auxilia na melhora da atenção, concentração e agilidade e também diminui a irritabilidade. Um dos mecanismos de ação da Neuravena é inibir a enzima monoamina oxidases (MAOB) no neurônio pré-sináptico, que é o neurônio que que inicia o sinal, sendo excitado por um potencial de ação, e assim os neurotransmissores podem ser despejados na fenda sináptica.

A monoamina oxidases (MAOB) está presente na membrana das mitocôndrias de células neuronais e não neuronais, sendo a principal função a desaminação oxidativa de neurotransmissores e neuromoduladores como dopamina, noradrenalina, adrenalina, serotonina, que estão relacionadas com o movimento, a cognição, o comportamento, e que são essenciais à neurotransmissão no sistema nervoso central. Essa inibição resulta em uma maior concentração de dopamina na fenda sináptica, aumentando o estado de alerta mental, contribuindo para a redução da ansiedade, e sendo benéfico no cuidado da depressão, doença de Parkinson e Alzheimer.

Os subprodutos das reações de desaminação oxidativa da MAOB incluem uma variedade de espécies químicas com elevado poder neurotóxico, tais como o peróxido de hidrogênio, amônia e aldeídos. A atividade excessiva e prolongada destas isoenzimas pode gerar danos a nível mitocondrial e distúrbios neurodegenerativos. Neste contexto, as MAO tornam-se num dos principais alvos terapêuticos para as doenças neurodegenerativas, através do desenvolvimento de inibidores enzimáticos.

O neurônio pós-sináptico é o neurônio que recebe o sinal. Esses sinais são recebidos pelos dendritos do neurônio. Quando há neurotransmissores presentes na sinapse, eles atravessam a lacuna para se ligarem a receptores no neurônio pós-sináptico. Quando um neurotransmissor se liga a um receptor no dendrito do neurônio pós-sináptico, ele pode desencadear um potencial de ação. Esse potencial de ação pode então ser propagado e influenciar a comunicação posterior.

Outro mecanismo da Neravena é a inibição dos subtipos da enzima fosfodiesterase (PDE). O bloqueio da PDE previne a degradação dos segundos mensageiros intracelulares como a adenosina monofosfato cíclico (cAMP ou AMP cíclico), que é uma molécula importante no processo que converte um tipo de sinal ou estímulo em outro para passar alguma informação para a célula. Essa inibição faz com que suas concentrações de cAMP se mantenham maiores na célula, melhorando as funções cerebrais como a memória e o estado de vigília. Os trabalhos também mostram efeitos benéficos sobre o humor naqueles que sofrem de mau humor e ansiedade elevada.

A associação de Neuravena com outros compostos podem trazer benefícios extras:

-Fosfatidilserina - é um composto derivado de um aminoácido que é encontrado em grandes quantidades no cérebro e no tecido neural. Sua associação potencializa a ação do Neuravena promove benefícios na função cognitiva,

-Rhodiola rósea (5% de Rosavin) - é usada para aumentar a energia, resistência, força e capacidade mental. Associado a Neuravena potencializa a melhora da memória e do desempenho mental.

-Dimpless - é um composto que é antioxidante e anti inflamatório. Associado ao Neuravena contribui para a melhora do desempenho cognitivo, memória recente e tardia e atenção, além de potencializar seu efeito, contribuindo para a ativação da mente.

-Saffrin - inibe a recaptação de serotonina, modula a concentração de dopamina, e atua nos receptores GABA. A associação com Neuravena potencializa a ação regulatória sobre os níveis de dopamina,o que promove o estado de alerta e atenção, além da redução da ansiedade, essas ações reduzem a compulsão por alimentos salgados e café, nas quais o aumento da ansiedade e a falta de concentração normalmente estão relacionados.

Referência:

Darzian Rostami Z, Asghari A, Jahandideh A, Mortazavi P, Akbarzadeh A. Effect of Oat (Avena Sativa L.) Extract on Experimental Sciatic Nerve Injury in Rats. Arch Razi Inst. 2020 Jun;75(2):249-256. doi: 10.22092/ari.2019.124805.1288. Epub 2020 Jun 1. PMID: 32621455.

Günther-Jordanland K, Dawid C, Hofmann T. Quantitation and Taste Contribution of Sensory Active Molecules in Oat (Avena sativa L.). J Agric Food Chem. 2020 Sep 16;68(37):10097-10108. doi: 10.1021/acs.jafc.0c04022. Epub 2020 Sep 2. PMID: 32786831.

Warchoł M, Dziurka K, Czyczyło-Mysza I, Juzoń K, Marcińska I, Skrzypek E. Oat (Avena sativa L.) Anther Culture. Methods Mol Biol. 2021;2287:313-322. doi: 10.1007/978-1-0716-1315-3_17. PMID: 34270039.


10 visualizações0 comentário