top of page

O que são os nutracêuticos?


Nutracêuticos são matérias-primas que contêm fitoquímicos alimentares como princípios ativos. A ação dos nutracêuticos, por definição, varia do suprimento de minerais e vitaminas essenciais para o funcionamento ideal do organismo, que agem desde a prevenção até o tratamento de várias doenças infecciosas, atuando como ferramentas promotoras da saúde.


Nos últimos anos, os nutracêuticos apareceram no mercado. Em geral, podem se apresentar em formas farmacêuticas (comprimidos, pós, cápsulas, frascos, etc.) que contém compostos bioativos alimentares como princípios ativos. Os fitoquímicos bioativos, tornaram-se uma fonte muito significativa de ingredientes nutracêuticos.


O nutracêutico é um alimento ou parte de um alimento, como os ativos antioxidantes, que proporcionam benefícios médicos e de saúde, incluindo a prevenção e tratamento das doenças. Assim, os ativos nutracêuticos podem ser fibras dietéticas, ácidos graxos poliinsaturados, proteínas, péptidos, aminoácidos ou cetoácidos, minerais, vitaminas antioxidantes e outros antioxidantes, que irão proporcionar benefícios à saúde e manutenção da mesma.


Nutracêuticos Tradicionais:

Sob a categoria de Nutracêuticos Tradicionais, temos alimentos que são naturais e alimentos integrais com potencial de saúde. São alimentos que não sofreram nenhuma mudança, além da maneira como o consumidor os percebe. Muitas frutas, legumes, grãos, peixes, laticínios e carnes contêm vários componentes naturais que oferecem benefícios além do básico da nutrição, como licopeno no tomate, ácidos graxos ômega 3 no salmão ou saponinas em soja.


Até mesmo chá e chocolate, foram observados em alguns estudos como alimentos que contêm atributos que beneficiam a saúde. Tomate e salmão são dois tipos de alimentos que os pesquisadores descobriram proporcionar benefícios além da nutrição básica, neste caso, licopeno e ácidos graxos ômega 3, respectivamente.

Nutracêuticos Não Tradicionais:


São o resultado da criação agrícola ou adição de nutrientes e/ou ingredientes. Sumo de laranja enriquecido com cálcio, cereais com adição de vitaminas ou minerais e farinha com adição de ácido fólico são nutracêuticos não tradicionais. Com o avanço das pesquisas, cientistas agrícolas chegaram com sucesso nas técnicas para aumentar o conteúdo nutricional de certas culturas. Atualmente, pesquisas estão sendo conduzidas visando melhorar a qualidade nutricional de muitas outras culturas e alimentos.


Algumas questões-chave, como a biodisponibilidade, o metabolismo, a dose/resposta e a toxicidade destes compostos bioativos alimentares ou dos próprios nutracêuticos, estão sendo estudadas. Entre os fitoquímicos, vários grupos de polifenóis (antocianinas, proantocianidinas, flavamonas, isoflavonas, resveratrol e ácido elágico) são utilizados na indústria nutracêutica.


Atualmente, existem muitos tipos de nutracêuticos no mercado, com diversos objetivos. A relevância dos nutracêuticos na importância da qualidade de vida está ligada a uma alimentação funcional e afetiva, permitindo a adoção de medidas eficazes de prevenção de problemas de saúde como hipertensão, insônia, diabetes, alergias e disbioses intestinais. A biodisponibilidade e o metabolismo são fatores-chave para entender os efeitos biológicos desses nutracêuticos.


A indústria nutracêutica emerge de uma necessidade de encontrarmos um facilitador e catalisador para a saúde, fazendo com que os benefícios, enzimas, ativos e propriedades dos alimentos sejam administrados de forma rápida, atuando como protetores da saúde humana através da dieta. Em vista disso e da crescente conscientização da população sobre distúrbios do estilo de vida, o uso de tais nutracêuticos pode revolucionar o manejo de alguns desses estados de doença debilitantes.


Assim, a ação dos nutracêuticos, vem como um potencializador de um estilo de vida saudável, podendo atenuar o estresse e qualquer estímulo físico, psicológico e/ou ambiental capaz de alterar a homeostase fisiológica. A capacidade de lidar com tais estímulos estressantes é um determinante crucial da saúde e da doença, sendo uma promessa excelente de promover a saúde humana e trazendo a atenção dos profissionais de saúde, médicos, nutricionistas e farmacêuticos.


Referências bibliográficas




819 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page