Quais os benefícios do sono para sua saúde?

A qualidade do sono constitui uma das cinco dimensões consideradas relevantes para a avaliação do sono saudável, entendido como um padrão multidimensional de sono-vigília adaptado às demandas individuais, sociais e ambientais e que proporciona bem-estar físico e mental. O sono é considerado uma necessidade humana básica, e tem sido um dos temas emergentes mais relevantes relacionado à saúde, pois há evidências robustas de que uma boa noite de sono promove muitos benefícios.


Esses benefícios vão muito além de uma pele bonita e acordar sem cansaço no outro dia. Ter uma boa noite de sono é um dos fatores primordiais para manter a saúde em dia e melhorar a qualidade de vida. Além disso, manter uma rotina saudável de sono ajuda no equilíbrio bioquímico do organismo.


BENEFÍCIOS DO SONO:


1- Previne doenças e fortalece o sistema imunológico

O sono pode frear inflamações que estão relacionadas a doenças cardíacas, derrame, diabetes, artrite e envelhecimento precoce. Isso porque pessoas que dormem menos (seis ou menos horas por noite) têm níveis mais altos de proteínas inflamatórias no sangue do que aquelas que dormem mais. Outro ponto é que pessoas que têm apneia e insônia podem ter uma melhora na pressão sanguínea e inflamação com o tratamento dos distúrbios do sono.


É durante o sono que nosso corpo produz vários hormônios importantes para o organismo, regenera as células de defesa e fortalece o sistema imunológico, isso melhora a sua capacidade de derrotar os resfriados, a gripe e outras infecções.


O sono também pode ajudar na prevenção de diferentes tipos de câncer, isso está ligado com melatonina, o hormônio do sono. Uma das pesquisas sobre essa relação entre a melatonina e o câncer foi desenvolvida no Brasil, e foi demonstrado que a melatonina pode ajudar no retardamento do crescimento de tumores relacionados ao câncer de mama.


2- Ajuda a memória

No sono, a mente se mantém muito ocupada. Durante o último estágio do sono, o chamado REM pode fortalecer a memória ou “praticar” as habilidades aprendidas enquanto estava acordado. Esse processo é chamado de consolidação, porque prioriza a ativação de redes neurais (um conjunto de neurônios conectados funcionalmente) relacionadas à memória.


De modo geral, as memórias são formadas e recuperadas em três etapas:

⦁ Codificação: Percepção do estímulo para a formação de um novo traço de memória.

⦁ Consolidação: O traço da memória é gradualmente estabilizado. O sono é fundamental para esta etapa, pois é um estado de processamento em que as informações externas estão extremamente reduzidas. Por isso, representa uma janela de tempo ideal para consolidar memórias.

⦁ Recuperação: A memória armazenada é acessada e recuperada.


3- Melhora o humor

Dormir bem diminui o estresse e a ansiedade no corpo e torna a pessoa mais preparada e bem-humorada para enfrentar o dia seguinte. Isso porque quando em uma boa noite de sono as energias gastas no dia anterior são repostas.


Um dos motivos é que a privação do sono deixa o corpo entre em alerta e apresentando sinais de cansaço e desgaste. Pois quando o sono não é de boa qualidade, o corpo descarrega noradrenalina, substância que aumenta a frequência cardíaca e a respiração. Com isso, o organismo fica alerta quando deveria descansar. Por isso, quando se trata de saúde, estresse e sono são quase um.


4 - Melhora o desempenho físico e a disposição

Dormir com qualidade garante uma adequada restauração física, melhorando a sua coordenação e seu tempo de recuperação muscular, isso porque o sono de qualidade ajuda o corpo a sintetizar o hormônio GH, que é uma substância produzida pelo corpo somente depois de 30 minutos em que a pessoa dormiu. A produção do hormônio é importante para que o tônus muscular seja mantido, tornando o desempenho físico melhor. Além disso, evita o estresse metabólico exagerado, acelera a reparação tecidual e a regeneração celular.


Um ponto importante é que a prática regular de exercícios é um dos mais importantes fatores que contribuem para que o sono seja reparador. 20 minutos de atividades diárias ajudam a melhorar a qualidade do sono.


Para atletas que precisam de um bom desempenho físico, a privação de sono por outro lado aumenta muito os fatores enzimáticos e oxidativos, que podem levar a lesões musculares, mas também articulares. O sono é um fator que ajuda na reparação celular.


A ciência comprova que o sono traz vários outros benefícios para a saúde e, de modo geral, promove uma melhor qualidade de vida. A quantidade de horas de sono recomendada varia de acordo com a necessidade de cada indivíduo, mas em média um adulto deve dormir de 7 a 8 horas por noite. As crianças, por estarem em fase de desenvolvimento físico e mental, podem chegar a 11 horas de sono por noite.


Referências:

BARROS, Marilisa Berti de Azevedo et al. Qualidade do sono, saúde e bem-estar em estudo de base populacional. Revista de Saúde Pública, v. 53, p. 82, 2019


DA SILVA, Taiane Martins et al. A IMPORTÂNCIA DO SONO NA QUALIDADE DE VIDA. Reunião Científica, n. X, 2021.


FAPESP. Melatonina ajuda a combater o câncer de mama.https://agencia.fapesp.br/melatonina-ajuda-a-combater-o-cancer-de-mama-aponta-estudo/17443/. Acesso em 16 jul. 2021


ROPKE, Lucilene Maria et al. Efeito da atividade física na qualidade do sono e qualidade de vida: revisão sistematizada. Archives of Health Investigation, v. 6, n. 12, 2017.


11 visualizações0 comentário