top of page

CBD e Sistema Nervoso Central: qual a relação?

Atualizado: 23 de nov. de 2022


Os principais princípios ativos para os efeitos medicinais dos canabinóides, são o Canabidiol (CBD) e o Tetrahidrocanabinol (THC). Tem sido demonstrado que o CBD apresenta baixa afinidade de ligação aos receptores CB1 e CB2, atuando como um modulador alostérico negativo do receptor CB1 e como um antagonista/agonista inverso do receptor CB2, o que justifica em parte a ausência de efeitos psicoativos deste canabinoide.


Enquanto o receptor CB1 é expresso principalmente no Sistema Nervoso Central (SNC) e modula a liberação de neurotransmissores na fenda sináptica através da inibição de canais de cálcio, o receptor CB2 é encontrado em maior quantidade no sistema nervoso periférico (SNP) e em células do sistema imune, estando envolvido na regulação de respostas imunes e inflamatórias. Desta forma, ao modular a atividade de receptores CB1 e CB2, o CBD pode desencadear diferentes efeitos biológicos.


Sendo assim, se o objetivo for a sua atuação no SNC, o foco deve ser em atingir a ação do receptor CB1. Logo, lembre-se que um canabinóide é um composto que interage diretamente com o nosso corpo através do Sistema Endocanabinóide, que em suma, é uma rede de receptores que interagem com os canabinóides para manter as funções vitais em todo o nosso corpo. E como apresentando, receptores CB1 são encontrados em abundância em regiões do cérebro responsáveis por processos mentais e fisiológicos, como memória, cognição, emoção e coordenação motora, enquanto os receptores CB2 são encontrados em todo o sistema nervoso periférico e sistema imune.


Referência bibliográfica

Barrales-Cureño HJ, López-Valdez LG, Reyes C, et al. Chemical characteristics, therapeutic uses, and legal aspects of the cannabinoids of Cannabis sativa: A review. Brazilian Arch Biol. Technol. 2020;63:1-14. doi:10.1590/1678-4324-2020180222


1.328 visualizações1 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

1 comentário


Ines
Ines
22 de out. de 2022

Comprei, sem reparar, um creme matificante e protector solar que diz na etiqueta ser enriquecido com CBD (extracto sativa). A minha pergunta é a seguinte: se puser esse creme na pele, o CBD vai passar a barreira- sanguínea, vai chegar ao cérebro e afectar a minha memória e outras funções, vai ligar-se aos receptores CB1 e CB2?

Curtir
bottom of page