Dia 31 de agosto, o dia do nutricionista, você sabe o porquê?

Acontece que foi essa a data na qual foi fundada a Associação Brasileira de Nutricionistas, em 1949, no Rio de Janeiro. Hoje conhecida como a Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN), que completa em 2021 seus 72 anos, surgiu com o objetivo de melhorar o desenvolvimento do conhecimento na área da nutrição e fortalecer a área como um todo, assim fortalecer a formação e a especialização dos nutricionistas. Logo, damos também os parabéns a todos os nutricionistas que fizeram parte dessa jornada e dessa conquista para a profissão.

Mensagem aos nutricionistas:

Parabéns a todos(as) nutricionistas por tomarem para suas vidas a missão de adquirir o conhecimento que torna possível o papel de nutrir com saúde e bem estar a vida de todos, nesta área que está sempre sob constante evolução, é necessário estar sempre estudando, se atualizando para se adaptar aos novos contextos e seus desafios.

Por isso neste dia é tão importante lembrarmos de nutrir o amor e a admiração a esta profissão tão especial, e parabenizar esses profissionais que se tornam cada dia mais necessários!


Vamos falar sobre a história nacional da nutrição!

Pode-se dizer que esta profissão se iniciou no Brasil em outubro de 1939, quando foi criado o primeiro curso de nutrição pela Faculdade da Saúde Pública da Universidade de São Paulo, dez anos antes da instituição da Associação Brasileira de Nutricionistas (ABN), que a princípio visava regulamentar a profissão, e fazer do curso de nutrição uma formação acadêmica de nível superior, além de criar conselhos de nutricionistas.

Apesar da formação da ABN em 1949, foi apenas no ano de 1962 que os cursos de nutrição já existentes passaram a ser considerados como cursos de nível superior, com duração de 3 anos e currículo mínimo de formação.


Em 1963 o projeto de regularização da profissão foi apresentado na câmara dos deputados, descrevendo as atribuições que normatizam o exercício da profissão, que deve ser cumprida pelos Conselhos Federal e Regionais de Nutricionistas, porém apenas três anos depois, em 1966, o presidente Castello Branco vetou o projeto, veto que em mais um ano, agora 1967, é apreciado pelo presidente Costa e Silva, este que delega a decisão aos líderes do governo legislativo, onde a rejeição ao veto ocorre apenas por grande mobilização das associações de nutricionistas, certamente tendo enorme influência na publicação da lei que regulamenta a profissão.


A falta de organização e fiscalização faz com que, indivíduos não preparados ou formados na área, ocupassem espaços de atuação na profissão, o que levou a então presidente da Federação Brasileira de nutricionistas, Maria José Machado Rodrigues, a fazer uma proposta ao Ministério do Trabalho, que visava a criação de Conselhos de Nutricionistas. Em 1978, finalmente são criados os Conselhos Federal e Regionais de Nutricionistas, buscando fiscalizar e orientar a formação e atuação dos profissionais na área.


Hoje existem 11 Conselhos Regionais de Nutricionistas, e aproximadamente 170 mil nutricionistas em todo o Brasil!


Fonte:

www.cfn.org.br


8 visualizações0 comentário