top of page

Descubra se o Mio-inositol ajuda na fertilidade feminina

A infertilidade feminina é definida pela dificuldade em engravidar após cerca de um ano de relações sexuais frequentes e sem métodos contraceptivos. De acordo com dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), entre 50 e 80 milhões de pessoas em todo o mundo podem enfrentar a infertilidade, com cerca de 8 milhões no Brasil, atribuídos a diversas causas que podem afetar tanto homens quanto mulheres. As estatísticas indicam que aproximadamente 35% dos casos de infertilidade estão relacionados a questões femininas. 


A boa notícia é que existem vários tratamentos para tratar a infertilidade e a nutrição pode auxiliar muito no tratamento! Uma das formas que ela pode auxiliar é com o uso do ativo Mio-inositol, indicado para tratar a infertilidade, atuando principalmente nas mulheres que apresentam a síndrome dos ovários policísticos (SOP). 


Estudos mostram que a presença de altos níveis de mio-inositol no fluido folicular está relacionada com uma boa qualidade dos óvulos e a sua inclusão nos tratamentos melhoram a divisão celular e os resultados de gravidez. Sendo assim, o mio-inositol restaura a função ovariana induzindo a ovulação, reduz a quantidade de FSH necessária para estimulação ovariana e melhora a qualidade dos óvulos.


O que acontece em mulheres com SOP?


Mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) muitas vezes manifestam uma deficiência na produção da enzima responsável pela síntese de inositol no organismo. Portanto, para esse grupo, a suplementação de mio-inositol tem demonstrado eficácia notável, não apenas na normalização do ciclo menstrual, frequentemente desregulado nessa condição, mas também no suporte à fertilidade.


A resistência à insulina é uma das consequências/causas da SOP, sendo fundamental tratá-la. O mio-inositol também ajuda nesse contexto, reduzindo a resistência à insulina e diminuindo o Homa IR. O mio-inositol diminui os hormônios LH e androgênios, melhora a atividade  ovariana, diminui a quantidade necessária do FSH (Hormônio Folículo Estimulante) na estimulação ovariana e melhora a qualidade e a quantidade dos óvulos coletados, além de proporcionar maior taxa de gravidez e menor incidência de abortos.


Podemos concluir, então, que o mio-inositol apresenta grandes benefícios para as mulheres com infertilidade, podendo ser usado inclusive nas mulheres com SOP, pois tem grandes benefícios na redução dos sintomas do mesmo. 


Referências Bibliográficas e sugestão de leitura:



Merviel P, James P, Bouée S, Le Guillou M, Rince C, Nachtergaele C, Kerlan V. Impact of myo-inositol treatment in women with polycystic ovary syndrome in assisted reproductive technologies. Reprod Health. 2021 Jan 19;18(1):13. doi: 10.1186/s12978-021-01073-3. PMID: 33468143; PMCID: PMC7816413.

242 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page