Imunidade e HPV



O vírus HPV possui uma particularidade que está ligada a imunidade, os indivíduos acometidos pelo vírus poderão tratar das lesões da pele através de medicações, no entanto essas lesões podem reaparecer com meses ou anos, isso acontece porque o DNA do vírus HPV se mantém no organismo e não há tratamento capaz de alterar a história natural do vírus.


O aparecimento de lesões pode estar associado a fatores ligados à imunidade ou que alteram a imunidade do ser humano, como desnutrição, uso de medicamentos imunossupressores, tabagismo e deficiências imunológicas. No entanto, o vírus HPV na maioria dos casos não produz manifestações clínicas, apenas cerca de 20% dos pacientes com casos mais graves possuem o vírus persistindo no organismo, podendo levar a lesões maiores e progressão para o câncer de colo de útero.


A imunidade pode interferir no aparecimento de lesões cutaneomucosas, isso irá depender do grau de comprometimento que o vírus causa no organismo.


Para um estudo mais aprofundado sobre o tema, segue algumas sugestões de leitura:

Artigo:

Carvalho NS, Silva RJCS, Val IC, Bazzo ML, Silveira MF. Brazilian Protocol for Sexually Transmitted Infections 2020: human papillomavirus (HPV) infection.2020


14 visualizações0 comentário